quinta-feira, 19 de julho de 2012

Telescópio da Nasa detecta planeta 'alienígena' a 33 anos-luz da Terra

Agência espacial americana divulgou ilustração de exoplaneta.
Cientistas buscam corpo celeste com condições de habitabilidade.


Portal G1, em São Paulo

Um novo planeta "alienígena", com apenas dois terços do tamanho da Terra, está sendo considerado pelos cientistas como um dos menores já registrados. O corpo celeste fica fora do Sistema Solar e foi detectado pelo telescópio espacial Spitzer, da Nasa. Uma ilustração dele foi divulgada na quarta-feira (18) nos EUA.

Conhecido como UCF-1.01, o exoplaneta orbita uma estrela chamada GJ 436, localizada a 33 anos-luz de distância da Terra. A identificação de planetas pequenos e próximos à principal estrela de seus sistemas ajuda nas pesquisas para encontrar, um dia, um corpo parecido com a Terra e que seja habitável aos seres humanos.

Atualmente, são conhecidos mais de 700 planetas fora do Sistema Solar. A contagem começou em 1995, quando o primeiro planeta a girar ao redor de uma estrela diferente do Sol foi observado.



Ilustração do candidato a exoplaneta UCF-1.01, encontrado pelo telescópio Spitzer, da Nasa. (Foto: Nasa/Reuters)

terça-feira, 17 de julho de 2012

Após ver Titã, sonda da Nasa capta imagem de outra lua de Saturno



Encélado é uma das dezenas de satélites que orbitam o planeta.
'Nova' lua aparece à esquerda da imagem parcialmente eclipsada.



Do portal G1, em São Paulo

A sonda Cassini, da agência espacial americana (Nasa), captou a imagem de outra lua de Saturno, Encélado, após fazer uma análise detalhada de Titã, o maior satélite do planeta, que tem pelo menos 60 já conhecidos e nomeados orbitando ao redor de si.
Na imagem abaixo, obtida em outubro do ano passado e divulgada agora de forma ampliada para melhorar a visibilidade da superfície, também é possível ver Titã à direita – que parece menor, mas é dez vezes maior que a outra. Encélado aparece parcialmente eclipsado por Saturno, que está embaixo.

Duas luas de Saturno são flagradas: Encélado (esq.) e Titã (Foto: Nasa/JPL-Caltech/Space Science Institute)

A sonda da Nasa flagrou Encélado, que tem cerca de 504 quilômetros de diâmetro, de uma distância de cerca de 26 mil quilômetros. O limite entre o lado claro e escuro pode ser visto na ponta esquerda do satélite, enquanto a parte eclipsada ocorre na parte inferior da imagem, sendo o Norte para cima.

Titã tem cerca de 5.150 quilômetros de diâmetro e é vista e 1,1 milhão de quilômetros de distância da Cassini.

A missão Cassini-Huygens é um projeto cooperativo entre a Nasa, a Agência Espacial Europeia (ESA) e a Agência Espacial Italiana (ASI).