quarta-feira, 16 de junho de 2010

Telescópio europeu no Chile obtém imagem da Galáxia do Escultor

O telescópio Vista, do Observatório Europeu do Sul (ESO), no Chile, obteve uma nova imagem da Galáxia do Escultor (NGC 253), uma das mais brilhantes do céu, a cerca de 13 milhões de anos-luz de distância.

A galáxia, em espiral, foi descoberta por Caroline Herschel, na Inglaterra, em 1783. É o membro mais brilhante de um pequeno conjunto de galáxias chamado Grupo do Escultor. Parte do seu destaque na radiação visível deve-se ao fato de se tratar de uma galáxia que forma estrelas rapidamente.

O Vista é um dos maiores telescópios de rastreio do mundo. Após ter sido entregue, no final do ano passado, o equipamento fez dois estudos detalhados de pequenas regiões do céu, como a da NGC 253 e sua vizinhança. Como o Vista atua nos comprimentos de onda do infravermelho, é possível observar através da poeira, proeminente na Galáxia do Escultor quando observada em radiação visível.

O ESO é financiado por 14 países: Áustria, Alemanha, Bélgica, Dinamarca, Espanha, Finlândia, França, Itália, Holanda, Portugal, Reino Unido, República Checa, Suécia e Suíça.

Uol Ciência

Nenhum comentário:

Postar um comentário